quarta-feira, 30 de junho de 2010

Instalando o VMware Tools no Ubuntu, passo a passo

O VMware Tools é um conjunto de drivers e ferramentas oferecidas pela VMware com o objetivo de otimizar o desempenho e compatibilidade dos sistemas operacionais em execução nas máquinas virtuais. Ele engloba várias características, como a parte de rede (vmxnet) , de disco (pvscsi), além da parte gráfica, incluindo aceleração 3D e integração do ponteiro do mouse entre a máquina virtual e o sistema hospedeiro.

Outro recurso oferecido em algumas soluções da VMware e que depende do VMware Tools é o Unity, que integra os aplicativos sistema convidado (máquina virtual) na interface gráfica do sistema hospedeiro, isto é, você pode executar aplicativos da máquina virtual como se fossem aplicativos do hospedeiro, visualizando apenas suas janelas e não o desktop do sistema convidado. Na Figura 1 pode-se ver o IE7 e o Windows Explorer do Windows XP sendo executados diretamente no Mac OS X, utilizando o VMware Fusion:
Figura 1: Unity funcionando no VMware Fusion

Outras características também dependem do VMware Tools, como o compartilhamento transparente de pastas, que permite enxergar uma pasta local dentro da máquina virtual, facilitando a transferências de arquivos, e a integração da área de transferência, permitindo copiar uma URL no hospedeiro e colar no browser rodando na máquina virtual.

Uma capacidade ainda pouco explorada e habilitada com a instalação do VMware Tools é o VMCI (Virtual Machine Communication Interface), que permite a comunicação entre máquinas virtuais e o hospedeiro independente de rede. Uma aplicação possível do VMCI seria realizar monitoramento dos serviços rodando nas máquinas virtuais sem a necessidade que as máquinas tenham rede ou mesmo estejam no mesmo segmento de rede.

Enquanto a instalação do VMware Tools no Windows virtualizado é razoavelmente simples, seguindo o clássico modelo Next → Next → Finish, em outros sistemas ainda são necessários alguns passos manuais ou a utilização de temida linha de comando. A idéia é apresentar aqui de forma simples a instalação do VMware Tools em um sistema Ubuntu Desktop 10.04 LTS, codinome Lucid Lynx, rodando no VMware Player 3.1. O procedimento não é muito diferente em outras soluções, como o VMware Server, Workstation ou o ESXi.

As versões LTS (Long Term Support) do Ubuntu são lançadas a cada 2 anos, com suporte de longo prazo (3 anos na versão Desktop e 5 anos na versão Server), e esse suporte estendido por parte da Canonical incentiva outras empresas a oferecer um bom suporte a essas versões, como é o caso da VMware. Uma empresa desse porte não tem interesse em mobilizar um grande investimento em desenvolvimento e QA (Quality Assurance) no suporte a versões do sistema lançadas a cada 6 meses e que não terão suporte do fabricante em menos de 2 anos.

Um requisito importante para a instalação do VMware Tools é a existência de uma unidade ótica na máquina virtual. Isso é necessário porque os arquivos de instalação são oferecidos através de um DVD virtual.

O primeiro passo no VMware Player é iniciar a instalação. Isso é feito no menu "Virtual Machine", na sugestiva opção "Install VMware Tools" (Figura 2). Caso seja a primeira instalação do VMware Tools, ele será baixado da Internet. Foi a forma que a VMware encontrou para diminuir o tamanho do instalador do VMware Player, de forma que só os pacotes utilizados serão baixados, evitando inflar o arquivo inicial com ferramentas para sistemas menos utilizados como Windows 95, Solaris, FreeBSD ou Netware. Após o download, o DVD com o instalador será montado automaticamente no Ubuntu (Figura 3).
Figura 2: Iniciando a instalação
Figura 3: O disco com o instalador é montado automaticamente pelo Ubuntu

A melhor forma de continuar a instalação é ir pelo terminal. Ele está disponível no seguinte caminho: Aplicativos → Acessórios → Terminal (Figura 4).
Figura 4: Abrindo o Terminal

A fim de agilizar a instalação, a primeira coisa a se fazer é tornar-se o super-usuário da máquina (root). Por padrão no Ubuntu não é possível executar como esse usuário por questões de segurança. Com um pequeno truque é possível passar a atuar como root. Digite no console o seguinte comando e pressione Enter:

sudo su - root

Será pedida sua senha de usuário. Após digitá-la e pressionar Enter, você está operando como root. Primeiro copie o instalador para o disco rígido da VM:

cp /media/VMware\ Tools/VMwareTools-8.4.2-261024.tar.gz /root

O nome do arquivo pode variar de acordo com a versão do VMware Player, mas deve seguir uma nomenclatura similar. Em seguida extraia o conteúdo do instalador:

tar xzf VMwareTools-8.4.2-261024.tar.gz

Antes de iniciar a instalação propriamente dita é necessário instalar algumas ferramentas utilizadas na compilação dos módulos do VMware-Tools, para isso basta digitar a seguinte linha de comando no terminal (tudo deve ser digitado na mesma linha):

apt-get update && apt-get install build-essential linux-headers-generic

Será gerada uma lista de pacotes a serem instalados, basta digitar Enter para prosseguir a instalação, que irá baixar da internet todos os arquivos necessários. Quando a instalação tiver terminado, execute o instalador:

vmware-tools-distrib/vmware-install.pl

A cada pergunta feita, basta aceitar os padrões, pressionando Enter. O processo é um pouco demorado, pois os módulos serão compilados localmente. Quando terminar, o DVD virtual será ejetado automaticamente.

Ao final de instalação, os drivers otimizados de rede (vmxnet) ainda não estarão ativos. Para isso é necessário seguir os seguintes passos:

/etc/init.d/networking stop
rmmod pcnet32
rmmod vmxnet
modprobe vmxnet
/etc/init.d/networking start

Terminada a instalação, saia do console como root com o seguinte comando:

exit

Pronto! Instalação concluída! Nesse ponto recomendo reiniciar a máquina virtual, de forma a ativar todos os recursos, em especial da parte gráfica. Ao redimensionar a janela da VM, a resolução de tela irá modificar automaticamente a fim de ocupar todo o tamanho da janela, o mesmo ao colocar em tela cheia. O Unity Mode também ficará disponível.

Como o VMware Tools não traz consigo módulos compilados para o Ubuntu 10.04, eles devem ser compilados cada vez que for instalado um novo kernel. Nesse caso o processo é um pouco bem  mais simples que a instalação inicial. Basta executar o seguinte comando:

sudo vmware-config-tools.pl d

Será solicitada a senha do usuário. Após digitá-la, todo processo será feito automaticamente, pois o parametro d indica que devem ser utilizados os padrões (defaults). A única parte que precisará ser feita manualmente é a ativação do driver de rede otimizado, seguindo os passos descritos anteriormente como root.

Como pode ser visto, a instalação do VMware Tools não é nenhum bicho de sete cabeças, porém pra que não tem tanta familiaridade com a linha de comando pode parecer um tanto complicado à primeira vista. O objetivo desse passo a passo é justamente auxiliar nesses casos, apresentando os comandos necessários e evitando problemas que poderiam consumir horas até que a solução fosse descoberta. Espero que seja últil.

5 comentários:

meu bota fora disse...

Finalmente, um que intenda do assunto. Visitei muitos portais e foruns e todos só explicava o basico e por sinal muito mal explicado, afinal nunca dava certo.
Aqui encontrei as respostas certas, e o que eu precisava, PARABENS AO AUTOR.
Tutorial simples e bem explicado, é disso que nóis iniciantes do linux precisamos.

Um abrço fera

Juarez disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juarez disse...

Saudações
Antes de mais nada parabéns por um tutorial tão bem elaborado.
Infelizmente durante a instalação, me deparei com a seguinte mensage, "None of the pre-built vmmemctl modules for vmware tools is suitable for your running kernel. Do you want this program to try to build the vmmemctl module for your system 9(you need to have a C compiler installed on your system)?"
Recompilar o Kernel ou tentar achar um versão mais recente do VMWare Tools? Qual seria a melhor saída? Sds

Duron Maniac disse...

Juarez, qual a distribuição? Se for o novo Ubuntu 10.10, a VMware adicionou suporte na última atualização do VMware Player (3.1.3), nesse caso o procedimento será o mesmo que descrevi aqui.

Só esclarecendo, o procedimento que você mencionou não se refere a compilar o kernel, e sim a compilar um módulo pro seu kernel. Um módulo na verdade é um driver, que te dá acesso a um recurso que não veio por padrão no seu kernel.

T+

Juarez disse...

Olá Duron, antes de mais nada, obrigado por responder.
Realmente esqueci de mencionar, a versão do Ubuntu que estou rodando é a 10.04. Respondendo "yes" a pergunta do sistema conforme minha mensagem anterior, a seguinte mesagem apareceu "using compiler "/usr/bin/gcc". Use environment variable CC to override". Logo em seguida ele realizou outra pergunta: "what is the location of the directory of C header files that match your running Kernel?" [/usr/src/linux/include].
Saberia dizer qual o procedimento a partir daí ou ao menos de como descubro o tal diretório que ele quer saber? Muito obrigado. Abs!

Postar um comentário